Sexta, 28 de Janeiro de 2022
27°

Muitas nuvens

Brasília - DF

Geral Distrito Federal

Zoológico de Brasília recebe ursa ameaçada de extinção

Liz, da espécie urso-de-óculos, veio encontrar Ney, seu par perfeito. Expectativa é que o casal integre programas internacionais de conservação

05/12/2021 às 22h25
Por: Redação Fonte: Secom DF
Compartilhe:
Foto: Reprodução/Secom DF
Foto: Reprodução/Secom DF

Mais recente moradora do Zoológico de Brasília, a ursa Liz, da espécie urso-de-óculos, veio de Salvador (BA) para encontrar Ney, seu novo e primeiro parceiro, para fins de reprodução e conservação da espécie.

Sob cuidados do Zoo de Brasília desde 2017, Ney foi escolhido após pesquisa científica genealógica dos ursos nos zoológicos brasileiros. Devido à maior variabilidade genética entre os dois indivíduos, recomendou-se o seu pareamento com a Liz. A expectativa é que o casal integre programas internacionais para a conservação da espécie.

Com cerca de 60kg, Liz desembarcou em Brasília graças à parceria com a Latam Cargo e a Inframerica, sem custo.

O urso-de-óculos é a única espécie desse animal cuja ocorrência é na América do Sul. Atualmente, encontra-se ameaçada de extinção pela perda gradual de habitat, o que a torna dependente de esforços em cativeiro para não desaparecer. Algumas estimativas sugerem que existam menos de cinco mil indivíduos na natureza, mas é uma espécie que se reproduz bem sob cuidados humanos, o que aumenta as expectativas no casal.

Liz veio da Bahia especialmente para encontrar Ney. Expectativa é que o casal contribua para a preservação da espécie, ameaçada de extinção. Fotos: Marcella Lasneaux/Zoológico de Brasília
Liz veio da Bahia especialmente para encontrar Ney. Expectativa é que o casal contribua para a preservação da espécie, ameaçada de extinção. Fotos: Marcella Lasneaux/Zoológico de Brasília

“A chegada da Liz tem o objetivo de contribuir efetivamente para a conservação da espécie por meio da reprodução em cativeiro. O nosso objetivo é que tanto Liz quanto Ney e seus filhotes façam parte dos programas de conservação internacionais. Se tudo der certo na reprodução, a gestação ocorre em sete meses, com um a três filhotes”, afirma o diretor de Mamíferos do Zoológico de Brasília, Filipe Reis.

Durante aproximadamente 30 dias, Liz ficará em quarentena em um recinto temporário, fora da área de visitação, para que sejam realizados todos os exames clínicos e comportamentais necessários. O recinto foi ambientado para acolher a fêmea, com estruturas que remetem a seu habitat, para garantir o seu bem-estar durante os cuidados do zoológico. Enquanto isso, a da equipe técnica elabora estratégias de aproximação entre os dois indivíduos para que dê tudo certo no primeiro encontro.

Parceria

Em setembro deste ano, o programa Avião Solidário da Latam, trouxe, de Mato Grosso, para o Zoológico de Brasília dois filhotes de onça-pintada, encontrados debilitados em uma propriedade rural, e um de lobo-guará, também órfão, resgatado em uma região de queimada.

Criado pela empresa aérea há 10 anos, o programa já colaborou, no Brasil, com a conservação de mais de 4.500 diferentes espécies de animais, principalmente as ameaçadas de extinção.

*Com informações do Zoológico de Brasília

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários